O Site Oficial da Copa do Mundo de 2014

quinta-feira, março 31, 2005

O Título de 1911

Esta noite encarnarei do teu cadáver. Mas o importante, além das promoções do Banco Real, é que o bem-amado conquistará seu 21o. título do estado. 21o, porém, apenas se considerarmos uma das glórias que vêm do passado, e incluirmos aquele título de 1931 do "São Paulo Floresta" (oxímoro?)

E naturalmente há muita discussão, porém questão realmente complicada é a dos irmãos Karamazov de nosso futebol, Flamengo e Fluminense. E também atual, pois a diferença em títulos oficiais é de um* em prol do tricolor, e este domingo teremos a final antecipada.

(*) o campeonato de 2002, além de roubado, não existiu; e o bicampeonato do Flamengo em 79, não vou nem comentar

Porque o título de 1911 é do Fluminense Football Club, mas foi ao fim deste ano que nove dos titulares brigaram com a gentalha do clube, amador, e fundaram o departamento de futebol do Clube de Regatas do Flamengo. Ou seja: o Flamengo é tão campeão de 1911, ou mais, quanto o Fluminense.

Se eu tivesse de atribuir o título a somente um destes, o que só faria por dinheiro ou pra irritar os outros, sem dúvida que seria ao Flamengo -- tendo em vista o amadorismo da época. Porém minha tese é um pouco mais embaciada, pois é da natureza da realidade ser complexa.

A tese é de que existiram três Fluminenses. Um que não durou sequer dez anos, até 1911, e outros dois após a cisão. Destes outros, um ficou com o uniforme e boa parte da bureaucracia (o Fluminense), e o outro com o time de futebol de fato, sua fama e glória (o que se fundiu ao Flamengo). E quem achar que não, é porque nasceu em Feira de Santana, e não sabe o que é ser feliz.

Conclusão: morrer. À parte isso e todos os alucinógenos do mundo, afirmo que o Fluminense tem 29 títulos (6 divididos e 1 estilhaçado), e o Flamengo 33 (4 rachados, 1 em caquinhos). Mas há quem prefira enxergar a história como lhe convém.